SOLTE O PASSADO E VOLTE A VIVER!

Hoje irei escrever sobre a necessidade em algumas ocasiões na nossa vida que o melhor que podemos fazer, tanto por nós, quanto pelos outros é libertar-se, soltar-se do passado
No meu caso, o que me levou a escrever esse Post, é algo totalmente familiar.
Não sei, qual seria a sua situação. A minha é sim, muito delicada eu sei. Porém, foi necessário.




Há quem pense que é fácil, mas não é. Após você viver mais de 30 anos com aquelas pessoas, saber que agora é a hora de se desconectar deles de vez, no inicio parece que será bem simples, porém a realidade é totalmente diferente.
Mas... O mais importante é que é possível sim conseguir superar, desapegar e libertar-se!
Há um mês vivi situações complicadas, dolorosas e repetitivas em minha vida com a minha família.
Como se eu estivesse tendo um Dejavu, porém, eu estava realmente lá presente nos dois momentos que aconteceram coisas desagradáveis.
Eu não vou entrar em detalhes, porque acho totalmente desnecessário. Porque são fatos totalmente íntimos e que não quero expor nem a mim e ninguém. Não acho isso necessário.
Porem, a experiência que tive com tal situação, foi que, tem momentos que você precisa parar.
Parar e olhar para dentro de você e tomar consciência que não vale mais a pena. Que seu tempo em certos lugares, com certas pessoas já chegou onde tinha que chegar.
Olhar e se perdoar por qualquer coisa que você tenha feito ou que tenham dito que você tenha feito. Perdoar aqueles que lhe apontaram o dedo, lhe julgaram, lhe maltrataram, lhe humilharam e se acharam superiores. E se perdoar por algumas de suas falhas seja qual tenha sido a ocasião.
Perdoar a dor, a decepção porque sei que por ser de pessoas bem mais próximas e de sangue é bem mais complicado e forte a situação vivida.
Porém, você aprende que ter o mesmo sangue não é garantia de amor e respeito.
Às vezes, simplesmente você não pertence mais àquela família. Não, porque você seja melhor que eles ou eles melhor que você. Simplesmente os pensamentos, ideias, sentimentos, respeito são diferentes e você não tem que forçar mais nada.
É complicado se afastar das pessoas que podem ser sua única família de sangue nesse universo? Sim, é. Jamais direi que não. Eu passei por isso. Eu vivi isso. Eu senti na pele. Eu chorei. Eu senti tudo que um dia jamais pensei sentir.
Mas, compreendi que já tinha feito por mim tudo que poderia ter feito. Compreendi que tinha feito pelos outros tudo que poderia ter feito e estava ao meu alcance, mesmo não ter sido nada para eles.
Enfim... Cada um pensa o que tem que pensar e sente o que tem que sentir.
Sabe o importante de tudo isso é que hoje. Hoje... Não, aceito certos tipos de amores. Porque sei muito bem o que é ser amada, ser respeitada, ser valorizada. Independente das minhas escolhas.
Compreenda, que se chegar o momento que você não se encontra mais dentro daquela família, que você acreditava que tinham mudado que poderiam mudar. Que tudo poderia ser bem melhor e diferente. Mas, percebeu que nada disso era real. E ficou pior do que imaginaria em toda vida.
Olha pra você dessa vez e perceba que já era! Basta! Respeita isso.
Estou até respirando fundo para poder escrever tudo isso aqui.
Hoje, chegou o momento pra mim de simplesmente dar Adeus!
Hora de dar Adeus ao meu passado.
Hora de dar Adeus àquelas pessoas e sou grata por tudo.
Hora de dar Adeus a tudo isso que estava matando dentro de mim. Que estava me machucando. Essa dor não poderia ficar pra sempre dentro de mim. Não poderia mais anos carregar elas nas minhas costas.
Hora de dar Adeus a sentimentos de culpa, raiva, mágoa, decepção.  
Hora de dar Adeus, mas me orgulhando de que eu tentei.
Sobre a minha relação com a minha família, a qual eu fazia parte. Sim, digo que fazia parte, porque não faço mais. Porque sempre vou ser aquela pessoa que eles definiram ser. E não posso fazer nada para que seja o contrário. Há não ser respeitar e soltar. Aceitar? Jamais. Aceito o que vivi. O que senti. Aceito a situação que não pude mudar e nem posso. Mas me conformar nunca! O que é bem diferente.
E o tempo passa rápido.
Eu me orgulho, porque pela segunda vez eu tentei. Eu realmente achei que tivesse tido mudanças. Mas, percebi que não conseguiria mais conviver, após ter ouvido coisas absurdas e ter visto atitudes inacreditáveis. A questão é que quando você sabe que tentou que procurou e fez tudo diferente de tempos atrás. Porque achava que talvez coisas tenham acontecido no passado, por você ter feito tal coisa, ou ter agido de tal forma. E ai, você entende que realmente não tinha mais nada haver com isso.
Por isso, me orgulho de ser quem eu sou e agradeço a eles, porque me fizeram perceber que eu queria bem mais que aquilo. E o que eu queria ser hoje! E me lembrou quem eu era!

Algo que jamais vou fazer é os julgar. Porque, simplesmente não me encaixo mesmo.
Viver em um meio onde o dinheiro sempre será mais importante que tudo nesta vida. Onde você humilha o outro. Onde você julga. Não, não era o meu mundo. Nunca será.
Eu fiz a minha escolha.
Aquelas pessoas fizeram a dela.

Não sinto ódio, mágoa, rancor. Mais sinto amor e abençoo cada um deles. Porque não cometerei o mesmo erro que eles, se me desejam mal, nada posso fazer eu mando outra vibração. Isso é mais importante, e digo a você se estiver lendo isso agora e estiver vivendo ou passou por isso, saiba. Que o que você manda para aqueles que te odeiam e desejam o mau, tem que ser bem contrário. Mande amor. Mande bênçãos. Não é difícil. Não é!
E não, não sou santa. Nunca fui. Nunca serei... rsrs
Se errei em alguns momentos, foi porque naquele momento eu acreditava ser o certo. Estar fazendo o certo. E pedi perdão assim mesmo aos erros que possa ter cometido. ´
Aprenda antes de tudo, não discuta. Não discuta porque pessoas que julgam que se acham perfeitos, os certos, eles jamais vão entender você. Eles jamais vão estar errados. Você sempre será a errada da situação e eles vão fazer de tudo para que se sinta culpada. Para que se sinta a pior dos seres humanos.
E eu te pergunto; vale a pena estar ainda onde você está?Com quem você está?
Eu senti que não.
Superar todos os dias algumas perdas é doloroso. Mas a dor faz parte da evolução. Isso está claro na bíblia. Quem a lê sabe do que falo.
O importante de tudo isso é que jamais vou olhar pra trás dizendo que não tentei.

Não me dei uma chance, não dei uma chance a tudo.
Eu tentei.
E tirei como maior lição.
Que a minha missão, minha passagem naquele lugar, com aquelas pessoas, acabou.
Hora de trilhar um novo caminho.
Uma nova vida.
Recomece quantas vezes for necessário, e não sinta vergonha.

Pegue a caneta e escreva uma nova história, sem vírgulas, porquês. Apenas escreva e viva.
Solte e desapegue-se de toda dor desse passado.
Solte e abençoe, deseje sempre o melhor.
Seja sincera sempre consigo mesmo. E aprenda você não deve se sentir culpada jamais por não corresponder às expectativas alheias. Sejam elas de quem forem.

Família... São pessoas que nos fazem bem, nos fazem sorrir, não nos julgam. Não acham que devemos ser como elas acham que temos que ser. Família é bem mais que isso.
Família, não são pessoas que temos obrigação de estar ao lado, amarrados, porque somos do mesmo sangue.
Nunca e jamais se sinta obrigado a isso, porque tem o mesmo sangue.
Hoje, eu sei o que é ser família. Ter família. Com defeitos. Qualidades. Problemas. Imperfeições. Compreensões. E lutar juntos. Não, apenas querer estar bem com aquele que no momento pode te oferecer algo.

Talvez eu precise sim aprender muito mais sobre família, sobre ter, conviver, lidar com sentimentos. Mas, estou disposta a recomeçar!

E você? Acha que está pronta (o) para recomeçar sempre que for preciso?

Acha que está pronta para desapegar-se de tudo que não se encaixa mais?

Está pronta para escrever uma nova história em sua vida?

E nunca se esqueça; Tudo que acontece em nossas vidas tem algum motivo.
Nada acontece simplesmente por acontecer. 

Confie e siga em frente! 





Katiah Eronn

Kátiah Eronn - Produtora de eventos/Guitarrista/Escritora e Blogueira. Digamos que quase uma faz tudo. Amo escrever, ler muito, tocar violão, fazer shows, produzir. E Nas horas livres ir a lugares calmos e exóticos. Sou alguém que ama a liberdade, amar e ser amadas. Quer falar comigo? E-mail: katiaheronn@outlook.com ou em uma das minhas redes sociais lá no menu tem todos os links ou abaixo. Beijos!

Google + Followers